top of page
  • Foto do escritorLucas Dadalt

Etapas para fazer uma boa cotação

Atualizado: 18 de abr.

É cada dia mais importante, principalmente para grandes compras, que se faça cotações. É o melhor meio de saber quanto do orçamento será gasto.


O que é uma cotação?


Uma cotação é uma forma de comparar preços de produtos e serviços e leva em consideração fatores como a marca, a qualidade do serviço,tempo de entrega, etc.

Então o foco de uma cotação não é de fato achar o menor preço de algo, mas sim o melhor custo benefício de se investir em determinado produto invés de outro, mesmo que o outro seja mais barato.

Diferente de um orçamento que calcula o valor a ser gasto com esses produtos, uma cotação busca os melhores custos.


Como fazer uma cotação?

Considere as marcas

Como dissemos anteriormente, uma cotação leva em consideração quais marcas serão usadas, mas além da marca, se busca a qualidade atrelada a ela, muitas marcas famosas podem perder em qualidade para outras e mesmo assim, apresentam preços mais altos, não podemos atrelar qualidade a uma marca, nem a um preço.


Com isso você deve fazer uma pesquisa de qual marca atende melhor suas necessidades e possui a melhor qualidade, dentro do seu orçamento.


Considere seu orçamento

O orçamento é uma parte importante, não adianta fazer uma cotação da mais alta qualidade atrelando custo benefício, se ela não couber no seu orçamento final.


Tenha mais de uma opção

Tanto é necessário ter mais de uma opção de marca, quanto de fornecedor, uma dica interessante é se manter no número 3, três opções de produtos em 3 lugares diferentes. Isso facilita na hora de escolher qual apresenta melhor custo benefício. Uma quantidade muito maior de cotações de lugares diferentes pode dificultar ainda mais no processo de compra.


Busque meios de diminuir o valor do orçamento final

Se você pretende comprar de apenas um fornecedor uma quantidade grande de itens, você poderá negociar um possível desconto, em alguns lugares esses descontos estão atrelados a forma de pagamento. Isso pode ocorrer porque quando se paga em dinheiro não tem taxas de operação, diferente de algumas máquinas de cartão. Além disso, movimenta o caixa com dinheiro em espécie, assim o fornecedor economiza nas taxas e pode te oferecer um desconto.


Não dependa de apenas um fornecedor

Isso principalmente para materiais de uso contínuo, os quais você irá precisar comprar com mais frequência. Uma garantia de exclusividade com esse fornecedor pode fazer com que você perca oportunidades melhores de compras, pois os preços podem variar bastante. Além disso, outros prejuízos como atraso na entrega, mudança da qualidade do material, ou sem estoque, são bons exemplos de prejuízos nos casos de exclusividade.


Considere outros pontos que influenciam na compra

Esses pontos importantes não devem ser deixados de lado, pois também influenciam na cotação, são eles: frete, tempo de entrega e forma de pagamento.


Faça uma cotação simples de ser compreendida

Uma boa cotação pode ser compreendida por qualquer pessoa que a veja. Procure passar a mensagem da forma mais objetiva possível.


Considere os preços variáveis

Algumas cotações precisam ser refeitas com certa constância, pois os preços podem variar muito de semana a semana, por exemplo, se fizermos uma cotação para viajar hoje, de uma cidade a outra de avião e compararmos com uma cotação de um ano atrás podemos ver uma diferença muito grande.


Utilize a tecnologia a seu favor

A tecnologia pode ser uma ótima aliada na realização de cotações, em especial às planilhas podem te ajudar muito, te poupar de muitos cálculos, pois ela faz automaticamente e ainda possui um design muito mais padronizado, fazendo com que a sua cotação fique mais compreensível.

17 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page